sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Pause - uma saga em "stand by"


Criar esse blog foi uma idéia reflexiva, uma maneira de tentar compreender melhor essa ferramenta, ponto central daquilo que (eu imagino) seja meu trabalho de conclusão de curso. Assim como Truffaut, eu precisava ir além da visão de um “seguidor”. Era imprescindível passar pela apreensão de cada postagem, cada comentário, cada novo seguidor. Pesquisas e mais pesquisas, a busca pela diversidade e superação a cada nova linha escrita.

Contudo, assim como começar, é preciso também saber a hora de parar.

Por vezes, continuamos insistindo em algo que não tem mais futuro. Persistir e persistir em coisas que já perderam a sua validade. E assim acontece com esse blog. No início, tudo era uma maravilha. Deslumbramento atrás de deslumbramento, todo e qualquer assunto servia de inspiração para post. Já tive inúmeros instantes de "fim de blog". Mas nenhum como esse. Hoje, já se foram inspiração, assunto e, até mesmo, a própria vontade de blogar!

Não quero, e nem posso, levar um blog dessa maneira. Seria uma falta de respeito não só comigo, mas, principalmente, com todos aqueles que o seguem e, conseqüentemente, já ajudaram-no até esse ponto em que ele se encontra.

Fico triste com essa decisão. Porém, a tomo na certeza de que, se agora me falta inspiração, num futuro não muito distante, faltar-me-á (thanks, Word!) tempo. Logo, num raciocínio mais do que lógico, para que “empurrar com a barriga” hoje, se amanhã o fim pode ser decretado por um motivo ainda mais banal?!

Viver esses momentos (mais de 300!) foi mágico. Deixando de lado o interesse de cada um que já passou pelas páginas desse “Mundo”, já que não possuo meios de saber o nível de importância que esse blog teve para vocês, serei agora um pouco egocêntrico (só agora! rs): fiz desse blog uma verdadeira segunda casa. Aqui, entre imagens e vídeos, textos e links, relatei desabafos, mencionei alegrias, relacionei meus segredos (quase) mais íntimos, sofrimentos, decepções, angústias, certezas, verdades. Fui amigo, colega de trabalho, namorado (e ex também.. rs), filho, irmão e tio. Aprendi muito e espero ter transmitido, ao menos, algo relevante.

Esse foi o “Meu Mundo”, com vários dos meus pedaços e repleto de todos que me cercam (que frase mais piegas! rs)

Isso não é exatamente um fim. É apenas uma pausa mais demorada. Quanto tempo durará? Não será pouco, isso eu tenho certeza. Mas eu estarei sempre por aqui. Obrigado a todos pelo apoio.


H (...)

6 comentários:

The Owl disse...

Bom, seu blog é praticamente um "irmão" do meu, então é triste vê-lo acabar. Mas se não há mais vontade, realmente não há propósito em continuar escrevendo.

Vai ser estranho pra mim, já que me sinto praticamente "íntima" dos donos dos blogs que leio. Acompanhar o fim de um deles é quase como ver um amigo partindo.

Espero também ter coragem de matar o Horas & Devaneios antes que ele fique pior do que já é e siga se arrastando...

Bom, boa sorte no TCC e na vida em geral. E caso a inspiração volte, ainda estarei aqui para ler.

Marcão disse...

Sério, brow?! Acabou mesmo?! Poxa, eu curtia tanto passar por aqui p/ ler as bobagens que vc postava.. brincadeira

Bom, espero que essa Helena não tenha nada c/ essa sua decisão, hein! rs

Abraços mlq

Anônimo disse...

Por um lado, será estranho não poder visitar o seu mundo, uma vez que ele inspirou o curioso mundo do cinema e foi o meu passaporte para o mundo dos blogs, do qual eu participo com muita alegria.

Por outro, entendo que tudo na vida tem um tempo e se vc precisa parar no seu auge, faça- com vigor e determinação. Até mais Senhor.

Éder disse...

Meu, não desiste não! Onde mais eu vou ler sobre aqueles carros que habitam meus sonhos de consumo?! hehe

Mas é sempre bom dar um tempo, p/ rever algumas coisas. Qualquer ajuda que precisar, sabes que é só ligar 190, certo?! hehe

Sério agora, basta pedir, ok?
Abr

Rakky Curvelo disse...

Boa sorte com o TCC e com todas as coisas que podem lhe tirar o tempo para blogar...

É triste ver esse fim, mas creio que você vai voltar depois que tudo passar, com mais e mais disposição!

Obrigada por todas as postagens que acompanhei (que infelizmente não foram muitas, mas foram boas) e aproveite essa pausa para voltar com mais e mais vigor!

Bjs

Eu sou a Fabiana Carneiro, disse...

Estou voltando da minha pausa... espero que voltes logo...