segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A frustração e o sopro de alívio - 2a parte



Engraçado como as coisas acontecem. Na verdade, acho que a própria vida, com a sua sucessão de momentos trágicos, acaba exigindo, por si só, um pouco de graça.

Como bom taurino que sou, apesar de não crer piamente nessa questão astrológica (e também não tenho nada contra quem acredita!), sei que sou muito teimoso. Não aquele tipo de teimosia danosa, quase doentia, que renega qualquer ponto de vista alheio. A minha teimosia pende mais para o lado ideológico da causa. Quando me surge uma idéia, dificilmente me desfaço dela.

Apesar disso, não posso dizer que não levo em consideração a opinião das outras pessoas. Às vezes, acho que a levo a sério até demais. Porém, mesmo nas críticas mais ferrenhas, nas exposições mais desacreditadas, tento sempre enxergar um mísero filete de luz para a minha idéia original.

E como é bom perceber que, depois de longos períodos de explanação, portas batidas rentes ao seu nariz, muros nos mais diversos tipos de mesas e negativas a ecoar pela sua cachola, finalmente, alguém comprou a sua idéia.

Um ser iluminado previu um futuro brilhante para algo que você cada vez mais só via como águas passadas. Com um papo muito produtivo, explicações, retificações e "cortes de aparas" (entre aspas porque trata-se de citação), agora sim eu posso gritar a plenos pulmões: EU TENHO UM TEMA DE TCC!!!

Serviu como um sopro de alívio. Depois da conversa, me senti muito mais leve. Fazendo uma comparação auto-piadística, é como se eu tivesse perdido os 10 quilos que tanto preciso! rsrs

Agora é bola para frente. Como a própria pessoa comentou ao nos despedirmos: "daqui pra frente, você terá muita dor de cabeça..". Era exatamente o que estava querendo, pode ter certeza!

Bem que eu estava pressentindo algo ontem. Afinal, encontrar JC no busão pra USP, só poderia ser interpretado como bom presságio... rsrs

H (como foi bom não ter aula do Mila!)

Um comentário:

The Owl disse...

E qual é o tema?