sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Resoluções de um ano bom¹


Uma unanimidade entre os blogs que acompanho no último dia do ano passado, foi a ideia de postar as resoluções de seus gestores para o ano que se anunciava.

E eu, como um bom nadador (quem dera!), tentei ir contra a corrente. Porém, as tentações se mostraram mais irresistíveis do que qualquer chocolate, pedaço de picanha ou pão de queijo fresquinho.

Dessa forma, decidi montar uma pequena lista com as minhas. Separei-as em duas grandes categorias: "Possíveis" e "Improváveis, porém, necessárias". Assim, sem mais delongas, elas se seguem:


* Possíveis

- concluir meu TCC, colocando um ponto final no meu percurso pela biblioteconomia brasileira;

- tolerar mais meus familiares, ajudando-os quando assim estiver ao meu alcance, sempre pensando em cobrar tal ajuda num futuro não muito distante (sim, sim e sim!);

- ler mais e diversificadamente. Aproveitar as férias de janeiro para comprar os livros que tenho em mente e lê-los com urgência;


* Improváveis, porém, necessárias

- chegar ao fim de 2010 com, no mínimo, 10 quilos a menos. Cuidar mais da minha saúde, mantendo hábitos saudáveis de alimentação, resistindo as provações gastronômicas quando elas me acenarem, sem deixar, é claro, de passar vontades;

- aproveitar melhor as minhas férias trabalhistas, analisando melhor a possibilidade de uma viagem longa para auxiliar, principalmente, no meu descanso mental;

- arranjar uma série que ocupe meu tempo ocioso, substituindo as anteriormente ótimas representantes e boníssimas "Smallville" (em 2005), "Friends" (2006), "Lost" (2007), "Fringe" (2008) e "Arquivo X" (2009);

- parar de teimar em procurar alguém que me complete afetivamente, tentando, sim, ser menos seletivo e, em contra partida, ser mais receptivo as possibilidades que a vida se encarregará nesse ponto. Ter em mente que o importante quando se trata de relações afetivas é o seu proveito total, e não a sua tentativa (frustrada, quase sempre) de se prolongar mais que o desejável;

- e, para concluir, finalizar de uma vez por todas as atividades desse blog. Aceitar a resolução de que ele nasceu para definhar e que, quanto mais nego tal ideia vivamente como uma realidade, mais ela me sinaliza como futuramente inevitável.

E aí elas estão. Espero cumpri-las assim como foram descritas. Claro que surpresas poderão surgir no caminho de mais de uma delas. E, como tal, não me imagino preparado para lidar com qualquer roupagem que essas possam adquirir. Só aguardando para saber.


H (2010 promete)


¹ Título do post inspirado nesse clipe

4 comentários:

Rakky Curvelo disse...

Acabar com esse blog não me parece nem possível nem necessário...

The Owl disse...

Ei, que história é essa?? Eu decido parar de ameaçar a integridade física do meu blog e vc resolve começar? Ainda bem que está na lista do "improvável"!

Quanto aos seriados, ando assistindo "Supernatural" e gostando bastante. Urso (aqui do lado) pediu pra recomendar "The Wire".

Aga(menon) disse...

Infelizmente (ou felizmente, não sei ao certo), essa é uma das resoluções "top" do ano.. :(

Em breve, escreverei um post sobre isso.. por enquanto, só posso garantir que não será nesse 1o semestre.. rs

Ah, valeu pelas dicas.. ainda um pouco influenciado pelo Urso e pela Andréa, tô começando a curtir The Big Bang Theory..

Vlw pelo coment

BeKa disse...

Já tá disseminado a discórdia, né Kbçudo!?

Como já te disse antes, se precisar de alguma ajuda, é só falar, ok?

Abrejos
BeKa